Alugueis
Vendas
Animais de estimação nos condomínios
Voltar para o blog

Animais de estimação nos condomínios

Para deixar um ambiente mais alegre, adotar um bichinho de estimação é o melhor para sua casa. Contudo, se morar em condomínio saiba que há algumas restrições para quem tem os bichanos.

Os peixes, tartarugas de aquários, gatos e determinadas raças de cães são mais adaptáveis a esse ambiente, pois, se tomados os devidos cuidados, não prejudicam a ordem condominial, a saúde, a segurança e o sossego dos vizinhos.

O importante é lembrar que nem todos gostam de animais e, mesmo aqueles que têm certa afinidade, podem se incomodar com o mau comportamento dos bichos, em especial, com os latidos.

Cada condomínio cria as próprias normas de convivência e, por elas, o síndico norteia suas ações. Dentre as regras mais comuns estão: carregar o animal no colo em áreas comuns, utilizar o elevador de serviço para circular com os bichos de estimação, manter o ambiente limpo, higienizando o local quando o cachorro fizer cocô ou xixi. Alguns condomínios também restringem a presença de determinadas espécies para evitar bichos como “cobras”, por exemplo, que podem provocar pânico, mesmo que não sejam nocivas.

O fato é que, legalmente, não existe impedimento ao morador de manter um animal de estimação no condomínio, porém há restrições.

No ranking dos animais de estimação mais presentes em condomínios, o cachorro ocupa a primeira colocação. Todavia é preciso ter cuidado, pois nem toda raça se adapta à vida em apartamento. Muitos sofrem devido ao pouco espaço. Os cachorros de pequeno porte são os mais indicados para viver em condomínio. Entretanto, o melhor é consultar um especialista de raças, pois, mesmo pequeno, o cão pode ter a tendência de latir por qualquer motivo.

O Yorkshire, o Poodle e o Shih tzu, por exemplo, são pets pequenos e costumam ser silenciosos, mas todos eles são raças de companhia, altamente dependentes do dono. Se ficarem sozinhos por longo período, eles podem sofrer distúrbios comportamentais e podem passar a latir exageradamente.

Confira as dicas sobre a convivência dos animais em condomínios:

- O síndico deve disciplinar a presença dos animais no condomínio e conscientizar os moradores para manter o bom convívio. Existem casos de descumprimentos em que é permitida a aplicação de comunicados e advertências, conforme regimento interno.

- A maioria dos regimentos determina prazo máximo para que os animais permaneçam sozinhos nas unidades, sendo aconselhável determinar o período de até oito horas, tempo de trabalho dos condôminos.

- Se for viajar, jamais deixe seu animal sozinho no apartamento. Se não for possível entregar o animal aos cuidados de um conhecido, existem hotéis especializados que oferecem o serviço.

- Normalmente as convenções e regimentos proíbem que o animal ande solto nas áreas comuns do condomínio. Os condomínios menos rigorosos permitem que os animais transitem em áreas comuns, desde que levados por guia ou guia e focinheira.

– Ambientes direcionados aos animais em que eles podem circular com liberdade. É preciso consultar a norma de cada condomínio.

- Os moradores devem sempre adestrar o animal e ter o cuidado de escolher uma raça que não causará transtornos aos demais.

fonte: Condomínios SC

Outros posts

  1. Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Os animais domésticos estão cada vez mais presentes na família brasileira.  Prova disso é que o nosso país é o quarto, no mundo, em número de pets: conta com mais 132 milhões! Os números...

  2. Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

    Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

              O primeiro passo para uma convivência pacífica e justa no condomínio é saber o que a lei dispõe sobre este assunto. Confira abaixo o que o novo Código Civil estabelece para...

  3. Legislação Condominial

    Legislação Condominial

    Legislação Condominial Entenda quais são as leis específicas para condomínios Atualmente há uma gama enorme de leis que os condomínios devem respeitar. Da Constituição às leis municipais...

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116
|