Alugueis
Vendas
Inadimplência: quais providências o síndico deve tomar
Voltar para o blog

Inadimplência: quais providências o síndico deve tomar

Um dos problemas encontrados nos condomínios é a inadimplência. E quando se é síndico e morador do prédio, a convivência e/ou a proximidade afetiva dos demais condôminos acaba atrapalhando na ocasião na qual é necessário tomar as providências judiciais cabíveis contra este.

Em razão disso, torna-se extremamente oportuno que a cobrança e as tratativas do débito condominial sejam feitas por terceiros, isentos desta pessoalidade. Uma ferramenta de grande valia para os condomínios é o serviço de cobrança extrajudicial ofertado por escritórios de advocacia especialistas no direito imobiliário/condominial.

Na ansiedade de resolver a questão de maneira rápida e simples, muitos síndicos tomam para si a iniciativa de tentar, junto aos condôminos devedores, firmar um acordo para o pagamento da sua dívida. Chegam a buscar na internet alguns modelos de acordos ou faz instrumentos objetivos e simples, sem que estes tenham as cláusulas necessárias para dar segurança jurídica ao condomínio.

Um acordo extrajudicial, dependendo dos seus termos e da sua composição, pode, no seu extremo, até impedir que o imóvel possa ser penhorado em eventual ação judicial interposta no caso do seu descumprimento.

Em razão da demora do nosso judiciário e das elevadas custas processuais, o acordo torna-se, a cada dia, mais oportuno. Muitos síndicos têm resistência em parcelar o débito condominial, crendo que, se assim o fizerem, estarão constituindo precedentes para outros condôminos ficarem, igualmente, inadimplentes. Contudo, o que muitas vezes não é levado em conta é que um acordo onde a parte, além de pagar a parcela do débito acumulado, tem a obrigatoriedade de arcar com as cotas condominiais vincendas em seus respectivos vencimentos, é capaz de equilibrar as contas do condomínio, minimizando, assim, a necessidade de eventuais cotas extras para controle da inadimplência ou a majoração da cota ordinária.

Fonte: seusindico.net.br

Outros posts

  1. Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Os animais domésticos estão cada vez mais presentes na família brasileira.  Prova disso é que o nosso país é o quarto, no mundo, em número de pets: conta com mais 132 milhões! Os números...

  2. Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

    Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

              O primeiro passo para uma convivência pacífica e justa no condomínio é saber o que a lei dispõe sobre este assunto. Confira abaixo o que o novo Código Civil estabelece para...

  3. Legislação Condominial

    Legislação Condominial

    Legislação Condominial Entenda quais são as leis específicas para condomínios Atualmente há uma gama enorme de leis que os condomínios devem respeitar. Da Constituição às leis municipais...

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116
|