Alugueis
Vendas
Confira as 10 coisas que você deve saber antes de contratar um financiamento
Voltar para o blog

Confira as 10 coisas que você deve saber antes de contratar um financiamento

CONFIRA AS 10 COISAS QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE CONTRATAR UM FINANCIAMENTO

Associação Brasileira de Moradores e Mutuários elabora guia para quem quer se lançar no desafio de comprar um imóvel apostando no financiamento


Muitas pessoas querem se lançar no desafio de comprar um imóvel, mas o projeto não é simples. Para ajudar quem está planejando contratar um financiamento imobiliário, a Associação Brasileira de Moradores e Mutuários (ABMM) elaborou um guia com dez questões que todo candidato a mutuário deve saber antes de assinar um contrato. Confira:

1- Pegue o menor valor de crédito possível, dando uma entrada grande no imóvel. Quanto menor o valor financiado, melhores condições o mutuário terá: poderá financiar o imóvel num prazo menor (avaliando sua situação econômica) e pagar uma prestação menor, iniciativas que são aconselháveis. Para conseguir dar uma entrada de grande valor, o único jeito é poupar.

2- Comprometa, no máximo, 20% de sua renda com o pagamento das prestações.

3- Compre um imóvel simples, que esteja dentro de suas possibilidades financeiras e de acordo com suas necessidades. Depois que conseguir ser proprietário, pode migrar para um financiamento de um imóvel mais caro.

4- Analise e conheça seu próprio perfil econômico-financeiro (se é gastador, se poupa, etc) antes de pegar um financiamento, para saber se terá condições de pagar as prestações. Hoje, questões como a instabilidade de emprego dificultam mais ainda que se tenha uma previsão a longo prazo da possibilidade de pagamento das prestações.

5- Não engane o banco dizendo que tem renda maior do que realmente tem. Forjar a renda, com a ajuda de familiares e/ou despachantes é uma prática comum, mas não ajuda o mutuário a quitar o imóvel. Pelo contrário, só faz com que ele se engane, acabe pegando um crédito pelo qual não tem condições de pagar e tenha seu imóvel retomado.

6- Solicite uma minuta do contrato que vai assinar e leve a um profissional especializado de sua confiança, para que ele analise o documento e tire todas as suas dúvidas. Depois de assinado o contrato, o mutuário só consegue alterar cláusulas abusivas acionando a Justiça.

7- Após escolher o imóvel, certifique-se de que ele está liberado para venda, com nenhum ônus ou garantindo dívidas do proprietário. Solicite no Cartório de Registro de Imóveis uma certidão negativa de ônus e de propriedade. Faça também um levantamento sobre o imóvel junto à prefeitura, para se certificar de que não há nenhum tributo pendente (IPTU, por exemplo) e nenhuma irregularidade em relação à edificação ou documentação do imóvel.

8- Utilize todo o saldo que você tiver no FGTS como entrada, diminuindo o valor financiado. Além disso, saque seu FGTS a cada dois anos e amortize parte do saldo devedor, para se livrar mais rápido da dívida. Esse prazo é o mínimo permitido por lei.

9- Sempre que tiver dinheiro sobrando, decorrente de férias vencidas, 13º salário ou outros, use-os para amortizar o saldo devedor do financiamento. Não compensa você manter uma poupança, por exemplo, se você receberá TR + 6% ao ano de correção e juros, enquanto estará pagando TR + 8% a 12% ao ano no seu contrato de financiamento.

10- Opte por um plano de correção com índices que acompanhem a evolução de seu salário, normalmente com reajuste anual. O IPC era o índice oficial utilizado na correção da datas-base dos empregados da iniciativa privada, mas desde a implantação do Plano Real em 1994 não existe mais índice oficial. Na verdade, utiliza-se como parâmetro nas livres negociações entre patrões e empregados o INPC e muitas vezes pode até não haver reajuste na data-base já que predomina a livre negociação salarial. Assim, buscar financiamentos atrelados ao IPC ou INPC é a melhor alternativa existente hoje.

Outros posts

  1. Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Como permitir animais no condomínio, sem atritos

    Os animais domésticos estão cada vez mais presentes na família brasileira.  Prova disso é que o nosso país é o quarto, no mundo, em número de pets: conta com mais 132 milhões! Os números...

  2. Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

    Guia sobre direitos e deveres dos condôminios

              O primeiro passo para uma convivência pacífica e justa no condomínio é saber o que a lei dispõe sobre este assunto. Confira abaixo o que o novo Código Civil estabelece para...

  3. Legislação Condominial

    Legislação Condominial

    Legislação Condominial Entenda quais são as leis específicas para condomínios Atualmente há uma gama enorme de leis que os condomínios devem respeitar. Da Constituição às leis municipais...

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116

Matriz

54 3055-2599

Alugueis

Alugueis
54 98166-1166

Vendas

Vendas
54 98101-1116
|